segunda-feira, maio 19, 2014

Lista final

Chegou o momento de apresentarmos a lista final dos indicados ao HQMIX. Como já é a prática desde que implantamos o sistema das "pré-indicações", o júri fez alguns ajustes levando em conta sugestões postadas neste blog, na intenção de melhor representar o que aconteceu no cenário dos quadrinhos em 2013.
Em breve divulgaremos as informações de como se dará o processo de votação deste ano e também sobre qual será a estátua que representará o prêmio.
Mais uma vez agradecemos á todos que direta ou indiretamente colaboraram para concluirmos essa fase.
Por enquanto, vamos aos Indicados.
Comissão Organizadora do 26º Troféu HQMIX e Júri das Indicações.


ADAPTAÇÃO PARA OS QUADRINHOS
A Mão e a Luva (Peirópolis)
Eu, Fernando Pessoa (Peirópolis)
Hamlet (Nemo)
O Maravilhoso Mágico de Oz (Panini)
Peter Pan (Nemo)
Dom Casmurro (Devir)
Pobre Marinheiro (Balão)

DESENHISTA ESTRANGEIRO
Eduardo Risso (100 Balas)
Enki Bilal (Tetralogia Monstro)
John Cassaday (Planetary)
Paolo Rivera (Demolidor)
Sylvain Vallée (Era uma vez na França - vol.1)
Skottie Young (O Maravilhoso Mágico de Oz)
Yuji Iwuhara (O Senhor dos Espinhos)

DESENHISTA NACIONAL
Alex Genaro (A Mão e a Luva e Válkiria)
Gustavo Duarte (13 e Chico Bento - Pavor Espaciar)
Magno Costa (Mary e 2028)
Mario Cau (Terapia e Dom Casmurro)
Rafael Coutinho (Beijo Adolescente 2)
Shiko (Piteco - Ingá e O Azul Indiferente do Céu)
Vitor Cafaggi (Turma da Mônica - Laços e Valente Por Opção)

DESTAQUE INTERNACIONAL
André Diniz (Duas Luas)
Cris Peter (Casanova, Hinterkind e Astronauta - Magnetar)
Danilo Beyruth (Astronauta - Magnetar)
Ivan Reis (Liga da Justiça)
Mike Deodato (Avengers e New Avengers)
Rafael Albuquerque (Vampiro Americano)
Rafael Grampá (Batman Black & White #2)

EDIÇÃO ESPECIAL ESTRANGEIRA
Azul é a Cor Mais Quente (Martins Fontes)
Crônicas de Jerusalém (Zarabatana)
Era uma vez na França – vol. 1 (Galera/Record)
O Boxeador (8inverso)
Pobre Marinheiro (Balão)
Você é Minha Mãe? (Quadrinhos na Cia.)
Tetralogia Monstro (Nemo)

EDIÇÃO ESPECIAL NACIONAL
Chico Bento – Pavor Espaciar (Panini)
BioCyberdrama Saga (Editora UFG)
Parafusos, zumbis e monstros do espaço (Veneta)
Piteco – Ingá (Panini)
Sabor Brasilis (Zarabatana)
Terapia (Novo Século)
Turma da Mônica – Laços (Panini)

EDITORA DO ANO
Balão
HQM
JBC
Mythos
Nemo
Panini
Zarabatana

EVENTO
Brasil Comic Con
Comic Mania XV
FIQ – Festival Internacional de Quadrinhos
III FLIQ – Feira de Livros e Quadrinhos de Natal
III Ugra Zine Fest
Mercado de Pulgas
Multiverso Comic Con

EXPOSIÇÃO
Abobrinhas da Brasilônia (Caixa Cultural, SP)
Entre Ideias e Rascunhos (Sesc Palladium, Belo Horizonte)
Exposição Lelis (FIQ 2013)
HQBR21 – O Quadrinho brasileiro no Novo Século (Sesc Belenzinho - SP)
Ícones dos Quadrinhos (FIQ 2013)
Mônica Parade (Exposição de rua - SP)
Tezuka, O Rei do Mangá (Castelinho do Flamengo, RJ)

LIVRO TEÓRICO
Anuário dos Fanzines 2013 (Independente)
A arte de Ozamu Tezuka – Deus do Mangá (Mythos)
A arte de quadrinizar. Filosofia e prática (WMF Martins Fontes)
Marvel Comics. A História Secreta (Leya)
Os Pioneiros no Estudo dos Quadrinhos no Brasil (Criativo)
Os quadrinhos na era digital. HQtrônicas, webcomics e cultura participativa (Marsupial)
Will Eisner. Um sonhador dos quadrinhos (Editora Globo)

NOVO TALENTO – DESENHISTA
Alcimar Frazão (Me & Devil)
Camilo Solano (Inspiração - Deixa entrar Sol nesse Porão)
George Schall (Moschitto e Sabor Brasilis)
João Azeitona (Imaginários em Quadrinhos)
Juscelino Neco (Parafusos, Zumbis e Monstros do Espaço)
Lu Cafaggi (Turma da Mônica - Laços)
Luciano Salles (O Quarto Vivente)

NOVO TALENTO – ROTEIRISTA
Brão Barbosa (Feliz Aniversário Minha Amada)
Camilo Solano (Inspiração - Deixa entrar Sol nesse Porão)
Emilio Fraia (Campo Branco)
Fabio Coala (O Monstro)
Juscelino Neco (Parafusos, Zumbis e Monstros do Espaço)
Liber Paz (As Coisas que Cecília Fez)
Pedro Cobiaco (Harmatã)

PRODUÇÃO PARA OUTRAS LINGUAGENS
Arrow (Série de TV)
Azul é a Cor mais Quente (Filme)
Batman - Arkham Origins (Game)
Cena HQ (Caixa Cultural)
Luz, Anima, Ação (Documentário dirigido por Edu Calvet)
Marvel’s Agents of S.H.I.E.L.D. (Série de TV)
Vida de Estagiário (Série de TV)

PROJETO EDITORIAL
Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel (Salvat)
Coleção Moebius (Nemo)
Coleção Zug (Balão Editorial)
Combo Rangers (JBC)
Graphic MSP (Panini)
Ícones dos Quadrinhos (Independente)
Mônica(s) (Panini)

PUBLICAÇÃO DE AVENTURA/TERROR/FICÇÃO
20th Century Boys 3-8 (Panini)
Demolidor (Panini)
J. Kendall 98-106 (Mythos)
Piteco – Ingá (Panini)
Sweet Tooth 3-4 (Panini)
Old Boy (Sampa)
Os Mortos-Vivos (The Walking Dead) vol. 11-12 (HQM)

PUBLICAÇÃO DE CLÁSSICO
As Diabruras de Quick e Flupke Vol.1 (Globo)
Os Companheiros do Crepúsculo (Nemo)
Death Note: Black Edition (JBC)
Fradim (Henfil – Educação de Sustentabilidade)
Luluzinha: Quadrinhos Clássicos dos Anos 1940 e 1950 (Pixel)
Monstro do Pântano – Raizes Vol. 1 (Panini)
Tiki, o Menino Guerreiro (Quadro a Quadro)

PUBLICAÇÃO DE HUMOR GRÁFICO
A Mente Suja de Robert Crumb (Veneta)
Causos do Santiago (Zarabatana)
...E Depois a Maluca sou Eu (Peixe Grande)
Gervásio e Jandira, 20 anos de Humor (Zappa)
O Lixo da História (Cia das Letras)
Os Grandes Artistas da Mad: Sergio Aragonés (Panini)
Pago Pra Ver (Instituto Estadual do Livro)

PUBLICAÇÃO DE TIRA
Amok  (Mórula Editorial)
Calvin – Existem Tesouros em Todos os Lugares (Conrad)
Coelho Nero (Independente)
Macanudo 6 (Zarabatana)
Níquel Náusea: Siga Seus Extintos (Devir)
O Intestino Eloquente (Independente)
Valente por Opção (Panini)

PUBLICAÇÃO INDEPENDENTE DE AUTOR
Beijo Adolescente 2 (Rafael Coutinho)
Bira Zine # 2 (Bira Dantas)
Feliz Aniversário, Minha Amada (Brão Barbosa)
Nem Morto 2 (Léo Finocchi)
Overdose Homeopática (Marco Oliveira)
Quadrinhos A2 3 (Cris Eiko e Paulo Crumbim)
São Paulo dos Mortos (Daniel Esteves)

PUBLICAÇÃO INDEPENDENTE DE GRUPO
Café Espacial 12
Friquinique
Loki
Máquina Zero
Quad
Surfista Calhorda
Visualizando Citações

PUBLICAÇÃO INDEPENDENTE EDIÇÃO ÚNICA
As Coisas que Cecília Fez (Liber Paz)
Baratão 66 (Bruno Azevêdo e Luciano Irrthum)
Harmatã (Pedro Cobiaco)
O Azul Indiferente do Céu (Shiko)
O Monstro (Fábio Coala)
O Quarto Vivente (Luciano Salles)
Malu, Memórias de Uma Trans (Cordeiro de Sá)

PUBLICAÇÃO INFANTOJUVENIL
Clássicos do Cinema Turma da Mônica (Panini)
Combo Rangers: Somos Heróis (JBC)
Cosmonauta Cosmo! (Mingulin/Quadrinhos Rasos)
Futuros Heróis (Desiderata/Nova Fronteira)
Gigantes, Cuidado! (V&R)
O Amuleto – A Maldição do Guardião da Pedra (Fundamento)
Turma da Mônica – Laços (Panini)

PUBLICAÇÃO MIX
Friquinique! (Independente)
Imaginários em Quadrinhos Vol. 2 (Draco)
Juiz Dredd Magazine (Mythos)
Máquina Zero (Independente)
Surfista Calhorda (Independente)
Vertigo Especial – Atire & Outras Histórias (Panini)
X-O Manowar (HQM)

ROTEIRISTA ESTRANGEIRO
Alison Bechdel (Você é Minha Mãe?)
Naoki Urasawa (20th Century Boys)
Guy Delisle (Crônicas de Jerusalém)
Jason Aaron (Escalpo)
Mark Waid (Demolidor)
Reinhard Kleist (O Boxeador)
Robert Kirkman (The Walking Dead)

ROTEIRISTA NACIONAL
André Diniz (Z de Zelito)
Daniel Esteves (São Paulo dos Mortos)
Estevão Ribeiro (Futuros Heróis)
José Aguiar (Folheteen - Direto ao Ponto)
Shiko (Piteco - Ingá)
Vitor Cafaggi e Lu Cafaggi (Turma da Mônica - Laços)
Wellington Srbek (Hamlet)

TIRA NACIONAL
Chiclete com Banana (Angeli)
Manual do Minotauro (Laerte)
Níquel Náusea (Fernando Gonsáles)
Os Passarinhos (Estevão Ribeiro)
Preto no Branco (Allan Sieber)
Quase Nada (Fabio Moon e Gabriel Bá)
Valente (Vitor Cafaggi)

WEB QUADRINHO

WEB TIRA
Um Sábado Qualquer

24 comentários:

Unknown disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
George Schall disse...

Em primeiro lugar, muito obrigado pela indicação!

Em segundo: se puderem arrumar meu nome ali, é Schall, não Schaal...eu e o Eduardo não somos parentes, hehe

FlaMíNio Nunes disse...

Sem o Will Leite, do Willtirando? Lamentável...
Muito merecidas as indicações de Coala, Vitor e Lu Cafaggi.

Ruptured Duck disse...

E as panelinhas continuam firmes e fortes, hein?
Mas a grande bola fora foi incluir Malu, Memórias de Uma Trans só pra fazer média politicamente correta. O autor nem pra se dispor a desenhar cenário. Pra que esse trabalho? É mais rápido usar fotos.

Renato Lima disse...

OBRIGADO pela indicação na categoria WEB QUADRINHO, gente!

foi uma grata surpresa estar entre tantas FERAS do quadrinho nacional, após um ano de estreia bem marcante para as Pockets!

só pediria para mudar o link para www.facebook.com/pocketscomics (onde ocorrem a maioria dos comentários da galera), tudo bem?

como diria o Freddie: já somos todos campeões!!

grande abraço


Luciano Salles disse...

Agora sim, com a Lista Final, posso agradecer imensamente em ver minha HQ O Quarto Vivente indicado na categoria Publicação Independente Edição Única e também, por ter sido lembrado na categoria Novo Talento - Desenhista.
É uma honra ter sido indicado e estar em uma lista com tantos nomes de talento imensurável.
O meu muito obrigado e gratidão!
Cheers!!!

Cordeiro de Sa disse...

Já respondi sobre isso, mas vamos lá outra vez: quem se dispuser a dar uma olhadinha no link abaixo, notará que na obra "Malu, memórias de uma trans", o uso de fotos como cenários foi uma opção de linguagem e não uma "fuga ao trabalho". Mas se essa questão se coloca, sugiro que se observe, por exemplo, a garrafa de Fanta na cena do bar, os reflexos nos espelhos do Salão ou em poças de água, as variações de ângulo nas cenas, os amassados dos tecidos quando os personagens estão sentados na cama. Como tudo foi planejado antes, esbocei cada cena para depois, fotografar!

Claro que não espero agradar a todos, mas não creio que seja justo acreditar que a obra tenha sido incluída aqui apenas por seu cunho social.

No mais, tô bem feliz pela indicação da "Malu..." na categoria Publicação Independente Edição Única. Vamos que vamos! Olha o link: http://goo.gl/BacQfW

Edgar Franco disse...

A indicação do álbum em quadrinhos "BioCyberDrama Saga", com roteiro meu e arte de Mozart Couto, lançado pela Editora da UFG em 2013, a uma das categorias que considero mais importantes do "Troféu HQMIX", foi uma grata surpresa. A publicação concorre na categoria "Edição Especial Nacional", e sua indicação é para mim uma prova da qualidade da obra, já que o ano de 2013 foi um dos anos mais prolíficos da história dos quadrinhos brasileiros com mais de 600 lançamentos na área, e somos uma "formiguinha", pois o álbum teve a tiragem de apenas 500 exemplares e concorre na mesma categoria com gigantes do mercado, com tiragens de dezenas de milhares de exemplares e distribuição em todo o território nacional. Para nós a indicação já é um prêmio a ser comemorado!

A obra recebeu resenhas positivas em múltiplos veículos de comunicação, desde revistas de circulação nacional como Mundo dos Super-heróis, Mundo Nerd, passando por jornais como Correio Popular (Goiás), Jornal Opção (Goiás), Diário de Petrópolis (RJ), Blog Pipoca e Nanquim, Blog Reverso, Podcast Cidade HQ, Blog Consciências e Sociedades, Fanzine Quadritos, Blog Contos do Absurdo; e teve lançamentos especiais na Gibiteria em São Paulo, na programação oficial do FIQ 2013 - Festival Internacional de Quadrinhos de Belo Horizonte e no Centro Cultural UFG. O trabalho, apresentado na forma de um álbum luxuoso com 252 páginas e sobrecapa especial, inclui a saga completa em quadrinhos, além de uma descrição detalhada do universo ficcional da “Aurora Pós-humana”, criado por Edgar Franco.

A responsável por esse lançamento ousado no mercado brasileiro de quadrinhos foi a Editora UFG – Universidade Federal de Goiás. Uma iniciativa inédita para uma editora acadêmica brasileira, acreditando nas HQs como forma de arte e conhecimento e investindo em uma produção à altura da obra. O álbum integra a coleção “Artexpressão”, dedicada a livros de arte.

Agradeço à Editora UFG, ao mestre Mozart Couto - que acreditou nesse projeto e desenhou mais de 150 páginas de quadrinhos com entusiasmo e brilhantismo; ao saudoso amigo Elydio dos Santos Neto que escreveu o incrível prefácio do álbum; também a todos os leitores, amigos e resenhistas da obra, vocês são a razão desse trabalho de 13 anos ter ganhado a luz! Finalmente um agradecimento especial à Danielle Barros Fortuna, que administra a página do álbum no Facebook - BioCyberDrama Saga, visitem-na para lerem dezenas de resenhas e saberem tudo sobre a publicação.

GRATIDÃO!
Grande abraço pós-humanista do Ciberpajé (Edgar Franco)

Estevão Ribeiro disse...

Os Passarinhos e Futuros Heróis ali, muito bem acompanhados por nomes de peso.
Obrigado!

Fábio Coala disse...

Imensamente feliz pelas indicações. Obrigado.

Aninha Costa disse...

Sempre me perco: nessa fase, é possível candidatar-se à comissão julgadora?
Se não me engano, houve uma fase de cadastro (ou será que foi do ano passado?) na qual me inscrevi mas, creio, não recebi nenhuma resposta...
Então me perdi!
Mas gostaria de participar com a visão comercial que vivencio diariamente =)

Mad Max disse...

Po, bem q podia ter o prêmio dos vloguers de quadrinhos.
Tem uma galera fazendo um trabalho FODA de divulgação das HQs.

Ruptured Duck disse...

É notório que as fotos da "Malu Memórias de uma Trans" foram feitas com planejamento e com cuidado. Não foi dito que por ter escolhido o caminho mais fácil, a obra tenha sido feita com desleixo e de qualquer jeito. O caso em questão é que a história é 50% quadrinhos e 50% foto-novela. Ou se escolhe um ou outro. Não os dois. É chato admitir que essa obra foi selecionada somente porque fala de um assunto social em voga. Mas isso ficou descarado.

Unknown disse...

Muito obrigado pela indicação, em nome de toda a equipe de "Luz, Anima, Ação"! É certamente uma honra estar presente nessa lista tão representativa.

Camilo Solano disse...

Obrigadíssimo pelas duas indicações!!
Felicidade é pouco!!
Se alguém que vota e ainda não conhece meu trabalho e tiver interesse é só acessar meu blog:
http://camilosolano.wordpress.com/

MUITO OBRIGADO!!

Francisco Macassis disse...

E quanto aos trabalhos academicos? Tcc, mestrado, doutorado... ?

Cultura N'ativa disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Cultura N'ativa disse...

Sobre a "Malu, Memórias de Uma Trans", não creio que o fato de o autor ter lançado mão de fotografias no projeto a tenha descaracterizada como obra 100% HQ. Aliás, observo que os melhores autores nacionais sempre buscam técnicas diferentes na produção de seus trabalhos. É uma característica do quadrinho nacional, assim como é característico o desenho de humor. E, claro, as montagens das fotografias em “Malu...” foram feitas de forma muito cuidadosa, o que justifica ainda mais o uso da linguagem.

Sobre a escolha da obra por apresentar um “assunto em voga”, creio que a análise do roteiro desconstrói essa possibilidade. Tecnicamente, está ótimo, e merece figurar na lista. O autor demonstrou habilidade e experiência no trato. No feeling, acertou de novo.

Caetano Cury disse...

Mas é exatamente a sinergia entre foto e desenho que faz de "Malu" uma obra única, ousada. Além disso, o roteiro profundo e fácil de entender também faz jus à indicação. Parabéns ao Cordeiro de Sá, pela mensagem e pela linguagem visual.

Marcos Freitas da Silva disse...

Na categoria Edição Nacional BioCyberDrama Saga é sem dúvida o grande lançamento de HQB de 2013, tanto pelo excelente roteiro como a mágica do mestre Mozart. Apesar do nível da categoria, esta HQ entra para a história da HQB e promete mais surpresas adiante, na continuação que certamente virá.

Bira disse...

Gostaria de agradecer pela indicação do Zine que lancei na Argélia, no Festival de Quadrinhos do ano passado. O Zine é escrito em português todo legendado em francês e pode ser adquirido nas livrarias paulistanas Comix e Monkix e na campineira Garagem Comics. Pra quem quiser baixar, segue o link: https://docs.google.com/file/d/0B7AN-VIyO82OVlJtOTJSRHlwT1NGNkpwT1paLTdFcHZwU3ln/edit

Cyn disse...

Ta fraquinho, heim.

Cadê Lo-Fi na Publicação independente de autor?
O Sequestro do Prefeito e Garota Siririca na Web Comics?
Ambos em desenhista revelação?
Pedro Cobiaco como desenhista revelação?

Blé.

Votei em branco boa parte das vezes.

Luciano Irrthum disse...

não consegui fazer o cadastro....deu erro de senha....

Antonio Cláudio disse...

O trabalho com "Malu, Memórias de Uma Trans" foi fenomenal, a utilização de fotos só agregou ao estilo, que basta analisar, foi realizado com muito cuidado e com uma direção de arte impecável, o cunho social existe, é maravilhoso, só que não é só isso que transforma esse trabalho em algo muito bom. Mas, logicamente, é muito fácil diminuir o trabalho de alguém utilizando um argumento vazio do tipo "só tá aí, por causa do cunho social", diminuir o trabalho dos outros é sempre fácil né?! Malu é uma obra fantástica, um trabalho muito bem produzido, excelente roteiro, desenhos perfeitos, direção de arte muito bem planejada e executada, que merece sem dúvida nenhuma constar aí. Parabéns.